Máscaras Sociais para a Família

A saturação do confinamento já se começa a sentir e desde que a escola iniciou, a sensação de sobrecarga aumentou. Vai terminar a quarentena obrigatória e voltar à “normalidade” exige o uso de máscara. Sinceramente não me apetece muito andar de máscara, mas vou cumprir o meu dever de cidadania.

Pensei eu que os miúdos não fossem precisar de usar máscara tão cedo, mas o Quico tem mesmo que ir à pediatra e não podemos ir sem as ditas. Como tenho alguns tecidos engraçados aproveitei e fiz umas máscaras para eles e para mim. Coitado, ao início até achou piada à máscara mas depois começou a incomodar-lhe (não está habituado), mas mesmo assim não a tirou. Apesar de serem crianças têm mais noção do que muitos adultos.

As máscaras em tecido têm como objetivo principal limitar a propagação do vírus e não substituem em nenhum momento as máscaras cirúrgicas, no entanto, os preços praticados e a dificuldade em arranjar as mesmas faz com que esta solução seja uma alternativa. Entre não usar nada e usar uma máscara em tecido, sempre é preferível usar a máscara. As que eu confecionei são feitas em tecido algodão e deixei uma abertura para colocar um filtro para aumentar a proteção. No meu caso, comprei uma caixa de filtros de café tamanho 2 por 0,99 €. Cada caixa trás 40 filtros que cortados dá no mínimo para 120 utilizações (barata a feira).

Entretanto as máscaras fizeram algum sucesso quando partilhei uma foto do caçula e acabei por fazer outras tantas. As máscaras vão ser um verdadeiro acessório de moda nos próximos tempos, mas não esquecer que a sua principal função é conseguirmos evitar a propagação do vírus.

Para quem tem uma máquina de costura caseira e queira fazer uma máscara, deixo aqui o link para o post, DIY – Faz a tua própria Máscara Social em Tecido. Não se esqueçam de ler as recomendações da DGS para o uso correto das máscaras e tenha consigo não uma mas várias máscaras para trocá-las regularmente, sem esquecer de respeitar as medidas de higiene recomendadas.

Aproveito para partilhar o documento que descreve as especificações técnicas da máscara comunitária, publicadas pela DGS/INFARMED/ASAE/IPQ.

Espero ter ajudado com a informação partilhada. E não se esqueçam, o vírus só sobrevive em nós, por isso é nosso dever usar máscara. Protejam-se!