Sobre

Como nasceu a Menta Lavanda?

Com o nascimento dos meus dois pequenos terroristas as minhas prioridades mudaram colocando a minha profissão para segundo plano. Inconformada por natureza e acreditando que podia fazer muito mais estando em casa, decidi criar um projeto só meu. A paixão pela criação aliada à vontade de aprender fizeram de mim uma autodidata em matéria de costura “handmade” ou como se diz em bom português “feito à mão”. Entre livros, tutoriais, blogs e muita persistência lá consegui fazer as minhas primeiras criações. Como forma de mostrar o meu trabalho, nascia em 2016 o blog da Menta Lavanda. Quando comecei a publicar os meus trabalhos os pedidos também foram surgindo e no fim do mesmo ano estava a registar a marca.

Porquê Menta Lavanda?

Menta é o meu sabor de gelado preferido. Já Lavanda está associada a uma das recordações mais bonitas que guardo. Umas férias vividas no Sul de França onde tive a oportunidade de contemplar as gigantescas plantações de lavanda. Uma visão deslumbrante e um cheiro maravilhoso que ainda hoje guardo na minha memória.

Não deixa de ser curioso, mas a menta e a lavanda são plantas aromáticas harmoniosas que transmitem diferentes sensações relacionadas com o bem estar. A esperança, a calma e a frescura estão associadas à menta. A magia, a alquimia e a pureza estão associadas à lavanda.   De uma forma inocente (não foi nenhuma estratégia de marketing) acabei por associar toda esta experiência de sensações nas minhas criações.

Uma pausa obrigatória…

A criação era a parte divertida do projeto, depois havia o “trabalho chato”. O trabalho administrativo todo, contactar fornecedores e clientes, despachar encomendas e tomar decisões. Desempenhas sozinha todas as funções de uma empresa. Estava a dar um passo a mais no crescimento do projeto e ao mesmo tempo recebia uma daquelas propostas irrecusáveis, mas o desgaste físico e emocional já se faziam sentir…e acabei por recusar….os valores familiares falaram mais alto e hoje não me arrependo disso. Em Maio de 2018, depois de pensar muito, decidi fazer uma pausa.

O recomeço…

Durante 2 anos fiz um reset à minha vida. Adoptei um estilo de vida Minimalista que me tem ajudado imenso a focar naquilo que realmente é importante para mim. Comecei a praticar um desporto que adoro e voltei a dedicar-me aos livros que sempre fizeram parte da minha vida desde a infância.

Nunca foi minha intenção desistir do meu projeto, precisava sim, reinventar-me. Fiz uma análise profunda daquilo que realmente era importante para mim em contexto profissional. Li muito sobre empreendedorismo e numa dessas leituras uma frase se evidenciou.

You can do good things for yourself and help other people at the same time.

Chris Guillebeau

Durante três dias fiquei a pensar nesta frase. Peguei numa folha em branco e numa caneta e comecei a delinear um plano de negócios. As ideias eram muitas mas precisava de me focar no essencial . Se queres saber mais, convido-te a conhecer este projeto que foi e será sempre desenvolvido com todo o amor.